Prefeito João Coloniezi assume presidência do Consórcio Intermunicipal de Saneamento do Paraná

 

Publicado em: 20/12/2018 00:00 | Fonte/Agência: Núcleo de Comunicação Social/PMI | SAMAE IBIPORÃ

Whatsapp

 

O prefeito do município de Ibiporã, João Toledo Coloniezi, foi eleito, na tarde desta terça-feira (18), presidente do Consórcio Intermunicipal de Saneamento do Paraná (Cispar), para o biênio 2019/2020. O ato se deu em assembleia realizada na cidade de Maringá, no Auditório do Centro de Referência em Saneamento Ambiental do Cispar. João esteve acompanhado do diretor presidente do SAMAE, Edvaldo de Paula, o Peri.

O Consórcio

Atualmente 46 municípios estão associados ao Consórcio, que é um órgão que gerencia as ações de saneamento de administrações diretas e indiretas firmando convênios, contratos e acordos de qualquer natureza. O Cispar também atua como recebedor de auxílios, contribuições e subvenções sociais ou econômicas de outras entidades e órgãos do governo, tornando assim um facilitador da administração.

Através do Consórcio, o processo de compras de produtos e/ou serviços relacionados ao saneamento e água dos municípios é facilitado com a possibilidade de realizar compras em conjunto, o que é um fator decisivo para a economia das finanças das cidades. O Cispar constantemente também oferece capacitação e treinamento técnico, fazendo com que a população seja beneficiada com serviços de qualidade.

A entidade ainda presta assistência técnica e assessoria administrativa e jurídica, além de realizar, a baixo custo, de diversas análises de água e do esgoto de seus associados, objetivando mais uma vez oferecer qualidade de vida aos habitantes dos municípios agregados.

Palavras do novo presidente

“Considerando a popularidade positiva do SAMAE de Ibiporã em relação às demais cidades do Paraná, o nome do prefeito de Ibiporã foi indicado para a presidência deste Consórcio. Hoje participamos da votação que culminou com a eleição então para o próximo biênio”, relatou João Toledo Coloniezi.

“O SAMAE, por exemplo, consegue economizar muito com a participação no Cispar. Os exames de análise da nossa água, que temos que fazer constantemente, ficam muito mais baratos através do Consórcio. Através das licitações compartilhadas estamos adquirido hidrômetros a preços bem mais baratos”, complementou.

“Através do Cispar temos representação política, uma vez que o órgão pode buscar nos governos estadual e federal mais recursos para as entidades autônomas de água e esgoto, porque o governo estadual, por exemplo, investe primeiramente nas suas empresas e não nos serviços autônomos como é o caso do nosso SAMAE. O Consórcio traz mais força política para nós”, expôs o prefeito João Coloniezi

O Cispar é mantido através de um rateio entre os municípios conveniados e pela receita gerada pelos seus laboratórios de análises de água e esgoto. O órgão tem um orçamento estimado na casa dos nove milhões de reais para o ano de 2019.

 

De Danilo Pomin - Núcleo de Comunicação Social/PMI